Quarta-feira, 17 de Julho de 2019 - 11:42:18

portal professor         portal aluno

  • certificado

MENSAGEM DO DIRETOR GERAL AOS FORMANDOS DE 2012

Nesta noite solene e festiva em que presenciamos a conclusão de mais um ciclo de trabalho, com a certificação de dezenas de licenciados e bacharéis, é gratificante assistir a concretização da missão da instituição de ensino que tenho o prazer de, ao longo dos anos coordenar democraticamente, tanto sua complexa estrutura quanto seu normal funcionamento.

        Prazeroso sim, mas, fácil não, tem sido o enfoque das tarefas e empreitadas do cotidiano a pautar as ações e principalmente as decisões que tenho que tomar como Diretor Geral das Faculdades Integradas Rui Barbosa de Andradina.

Tenho empreendido enormes esforços para atender as Diretrizes Curriculares estabelecidas pelo MEC para cada curso superior que, em sua elaboração não levou em consideração a crise histórica em que atravessa o Ensino Médio público, ocasionando insuficiente formação do conhecimento prévio necessário como subsídio para garantir um transcurso mais efetivo e produtivo durante toda a duração do Curso Superior.

Soma-se a isso o significativo contingente de alunos que por razões de ordem econômica ou social, tiveram que interromper suas trajetórias escolares e que pressionados pelas exigências dos novos tempos, retornam aos bancos escolares com a insegurança própria daqueles que recomeçam.

E não devemos também omitir que a quase absoluta maioria dos acadêmicos enquadra-se na categoria de trabalhadores-alunos. Ora têm que trabalhar para estudar, como se o estudo não fosse um trabalho e em decorrência disso a administração do tempo escasso e da exaustão física e intelectual entra em cena, muito mais dominando que sendo dominada, os desejos e ambições, aí sim, desses verdadeiros guerreiros.

Mas o certificado que vocês neste momento empunham é uma prova inconteste que, a vontade tem a força da superação que conduz ao êxito.

Tenho consciência que são dificuldades de ordem estrutural próprios de um país em processo de formação e que, o maior e mais grave obstáculo a ser enfrentado com tenacidade é o processo de democratização do acesso ao Ensino Superior, pois é inaceitável que a 6º economia do mundo só tenha conseguido atender 13% de seus jovens em idade de cursar as Faculdades ou Universidades.

Um índice que representa apenas metade do índice da Argentina e aproximadamente 1/3 do índice do Chile, só para ficar em comparações com países latinos.

Poderíamos até aplicar a máxima de que ‘seria vergonhoso se não fosse trágico’, não só sob o ponto de vista humanitário como também econômico, pois a aceleração do progresso material carece de aumentar e qualificar o contingente de mão de obra especializada para alavancar o desenvolvimento do País.

Não podemos fechar os olhos para algumas medidas importantes do Governo Federal que começam a fazer diferença como o PROUNI e principalmente o FIES – financiamento estudantil - que inclusive têm beneficiado uma significativa parcela de acadêmicos das FIRB, permitindo que alunos antes impedidos de ingressar no Ensino Superior por falta de condições financeiras, possam agora concretizar seus sonhos de obter a formação de nível universitário.

Nossos esforços aliados ao vosso empenho e coragem, ao apoio de vossos familiares e a sensibilidade social apresentada pelo Governo Federal, para os problemas que abordamos, com certeza irá permitir que outras solenidades como essa, aconteçam com mais freqüência e maior grandiosidade.

Aos formandos de hoje nossa gratidão pela confiança, que não faltou em nenhum momento desses 04 anos, em nós e em nossa tradicional Instituição de Ensino Superior e o desejo que não lhes faltem ânimo e lucidez para procurar e conseqüente encontrar seus respectivos espaços de contribuição na construção de uma sociedade mais igualitária.